quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Quando a Vontade Chega

Quando a vontade chega não há muito que fazer.
Quando você sente vontade de fazer algo, a primeira coisa é ESCOLHER. Você gosta disso que tem vontade? Esta coisa vai prejudicar você? Vai prejudicar outras pessoas que estão envolvidas? Qual será a consequência? Há uma vantagem de aceites sobre rejeições?
Se as respostas forem favoráveis, vem o segundo passo. PLANEJAR. Como você vai fazer isso? Quando? Quanto vai custar? De quanto tempo precisará? Por onde, para onde vai e onde vai procurar abrigo? Quem estará com você? Como tornar o fato agradável além daquilo que se espera?
Obviamente, o próximo passo é INICIAR o projeto. Comece pela parte mais simples, mas que é considerada essencial para que nada dê errado. Faça aquilo que é necessário logo de cara, para depois ficar apenas com tarefas secundárias. Em caso de falha, ou você não conseguirá executar o projeto, ou você não terá problemas, porque serão erros pequenos demais pra atrapalhar no andamento das coisas.
Depois disso, deve CONTINUAR até o fim. O que você começou deve ser sustentado até o fim. Nunca desista, esqueça ou abandone algo que você goste ou queira muito.
Ao TERMINAR o projeto, faça-o com cuidado, para que o fim não seja um momento de choque, pelos desligamentos ou final das atividades, ou mesmo a separação de pessoas, locais ou objetos. Você deve se preparar para o final. Todos devem se preparar. E então, quando chegar a hora, acontecerá naturalmente.
Depois de voltar pra casa, volte sua vida aos eixos. Nunca mude (exceto se for para melhor, isso é óbvio). Retome suas rotinas, busque suas inovações e, principalmente, CRIE NOVOS PROJETOS. Isso é muito importante.

Mas, se algo, durante este período, acontecer de forma a prejudicar a execução do seu projeto, interrompa o processo. Se você souber que algo vai tentar impedir que se construam seus planos, mesmo que não haja problemas com eles, então abandone projetos, pesquisas e o que mais estiver fazendo.

Pegue suas coisas, caia na estrada, viva sua vida sem planejar. As vezes queremos viver de forma comedida, calculada. e deixamos de viver. Algumas loucuras são permitidas e, sem dúvidas, as melhores experiências serão listadas entre elas.
Postar um comentário