sábado, 30 de maio de 2009

abacaxicomcanela

Olá, cidadãos dessa cidade chuvosa, de cidades alagadas ou de desertos, brasileiros ou não; sem horas e sem dores, público presente de um dia qualquer, sintaxe á vontade, nesse mundo, ora limpo, ora imundo, pois se eu me chamasse Raul ou Raimundo, não seria rima, o céu não seria solução.

Lembrando que o dia 8 de maio de 2009, foi a data do lançamento do novo álbum do Lacrimosa, junto com mais duas surpresas pela banda: Sehnsucht vem com novas composições de Tilo Wolff e Anne Nurmi, gravados na Suíça, pela Hall Of Sermon. Além desse album, estão sendo lançados o single Feuer e Sehnsuch Special Edition, com versões alternativas das novas canções. Empolgado? Tsc tsc.. Magina!! ;) www.lacrimosa.ch



Enfim, o que venho apresentar hoje é o que diz o título do post: ABACAXI COM CANELA.



Na verdade, foi só uma brincadeira que fiz nãomelembroporquê e achei engraçado. E já que abacaxi é uma palavra de origem tupi-guarani, vou postar uma música e fazer uns comentários sobre isso. A composição é de... Hmmm... E se chama... Não sei... aheuheeuahea

Ah, sim. A música é Tu Tu Tu Tupi, composta pelo carinha que faz a trilha sonora de Cocóricó e Castelo Ra Tim Bum. É, e de criança...


Tu Tu Tu Tu Tu Tupi

Todo mundo tem um pouco de índio
Dentro de si. Dentro de si

Todo mundo fala língua de índio
Tupi Guarani. Tupi Guarani

E o velho cacique já dizia
Tem coisas que a gente sabe e não sabe que sabia e ô e ô

O índio andou pelo Brasil
Deu nome pra tudo que ele viu
Se o índio deu nome, tá dado!
Se o índio falou, tá falado!
Se o índio chacoalhou tá chacoalhado! e ô e ô

Chacoalha o chocalho! Chacoalha o chocalho! Vamos chacoalhar! Vamos chacoalhar! Chacoalha o chocalho! Chacoalha o chocalho Que índio vai falar:

Jabuticaba Caju Maracujá Pipoca Mandioca Abacaxi
É tudo tupi. Tupi guarani.

Tamanduá Urubu Jaburu Jararaca Jibóia
Tatu Tu Tu Tu
É tudo tupi. Tupi guarani

Arara Tucano Araponga Piranha
Perereca Sagüi Jabuti Jacaré
Jacaré Jacaré: Quem sabe o que é que é?
- Aquele que olha de lado...
É ou não é?

Se o índio falou tá falado
Se o índio chacoalhou tá chacoalhado e ô e ô

Maranhão Maceió Macapá Marajó
Paraná Paraíba Pernambuco Piauí
Jundiaí Morumbi Curitiba Parati
É tudo tupi

Butantã Tremembé Tatuapé
Tatuapé Tatuapé quem sabe o que é que é?
- caminho do Tatu...

Tu Tu Tu Tu
Todo mundo tem um pouco de índio
Dentro de si. Dentro de si

Todo mundo fala língua de índio
Tupi Guarani. Tupi Guarani
e ô e ô!


Isso, muito bom!! Agora, pare. Pense. Analise... Pra viver uma vida feliz e com realizações, são necessárias respostas!
E para obter respostas, nada melhor que perguntas. E minha pergunta é:

Se tatu tem origem tupi guarani e tatuapé, de mesma origem, significa "caminho do tatu", então, é essa a origem da expressão "à pé"? Pense comigo... À pé segue quem caminha, quem segue um trajeto andando sobre os próprios pés. Não é como o tatu? Então, tatuapé significa "local de caminhada do tatu". OMG!!! Aehuaehaeuaehuaeuhaehae


Mais uma coisa: De quem foi a idéia de assar um abacaxi?? Pense que é bom pra comer com churrasco. Eu acho que alguém tava preparando uma salada e derrubou o abacaxi na churrasqueira. Ou então aqueles sobrinhos chatos pegaram um abacaxi e espetaram, colocando junto com a carne pra fazer gracinha, como se fosse um pernil de Natal, aqueles redondinhos suculentos OMG² que delícia!!
O fato é que o tio tava tão bêbado que cortou o abacaxi e comeu pensando ser um pernil de Natal, naquela festa de 1 de Maio, serviu pra galera e fez sucesso. Vai saber...
Ou então teve origem naqueles restaurantes vegans que quiseram copiar a maioria e fazer um churrasco saudável. Por que não? =P

Aliás, falando em vegetarianos, gostaria de expressar meu descontentamento com uma propaganda da MerdCard, digo, MasterCard, quando disseram que "não ter amigos vegetarianos não tem preço".
Qual é o maldito problema em se ter amigos vegetarianos? Eu vou dizer uma coisa que eu percebi. Você não conhece muitos vegetarianos, exceto se você for vegetariano. Neste último caso, tudo bem, você é um deles. Mas, caso não seja, perceba que existem dois tipos de vegetarianos: os muito chatos, que tentam explicar o por quê de eles serem vegetarianos, o suposto mal que a carne faz, a capacidade de absorver proteínas de outras fontes e blablablas, portanto, não são seus amigos; e os seus amigos, o que significa que eles são vegetarianos e tudo bem.
Sendo assim, digo, se os chatos serão sempre chatos e seus amigos são seus amigos mesmo, qual o problema? Um amigo vegetariano não é tão legal quanto um amigo carnivorista?
MasterCard, me envergonhei...

E por falar em amigos, deixo aqui meus beijos e abraços, ainda a serem distribuidos. Eles vão para:

Angela, maninha linda (Mgá); David, maninho lindo hauhau, de RJ; Isa, Caah, Augustinho, Li e Pietra Previate, família linda de Cianorte; Amoin Mary marvelósachelósadeliciósaqueamomuito; Fabi, que tem se mostrado um cérebro em constante reformuação, estou muito contente com nossas conversas e o desenvolvimento que ela vem sofrendo, sempre aprofundando mais os nossos assuntos; pessoas queridas de Maringá (Raíssa, principalmente), de Paranavaí (Kuka, Arieska, outros), Umuarama (Deh, Jeeh, Ve, Mandinha, outros) e quem mais estiver na minha mente e eu não estou enxergando agora. ^^





P.S.: Penso também que caberia aqui embaixo a música "Canibal Vegetariano Devora Planta Carnívora", mas ae ficaria muito mais extenso.
Postar um comentário